Se tem uma coisa que todo o apreciador de uma boa erva deveria visitar é este simpático museu, que conta toda a história da maconha, desde a antiguidade, sua trajetória passando por várias culturas diferentes, mostrando as épocas de maior aceitação e rejeição da erva e alguns instrumentos utilizados para se fumar.

Museu da Maconha e Haxixe_4308

Localizado no Red Light District, este museu é um convite para entender melhor a história desta erva, tão amada por uns  e odiadas por outros. Através de uma galeria pequena, o museu explica como os produtos podem ser produzidos pelas fibras de cannabis, assim como suas propriedades medicinais.

O museu oferece áudio, guia de graça, o que é raro nos museus em Amsterdam. A lojinha do museu também é um convite para gastar muito dinheiro, então, cuidado nas escolhas. Eles vendem chá de maconha, biscoito, pôster, pirulito e muito mais.

A entrada custa 9 euros, meio salgada, mas obrigatória para quem quer entender a origem e o uso da erva em todas as suas formas. Achei bem legal os tecidos, as cordas de navio e os móveis feitos com ela. Destaque para os dois prédios do museu: um dedicado ao uso medicinal e outro para o uso criativo.

Pela importância e historia da cannabis no mundo, o museu poderia ser muito maior, mas mesmo assim vale a visita.

Seguro viagem geral

Deixe uma resposta