Com a promessa de aumentar a projeção e a internacionalização da Bienal através de obras inéditas ou reeditadas, com tecnologia do estado, a arte contemporânea da Bienal é pobre.

bienal_1

A cada ano que passa a Bienal fica menor e com menos acesso. Ao invés de arte convidativa, vemos curadores passeando de helicópteros pela cidade. Como eu não fui um dos seletos convidados à assistir aos encontros na ilha, fiquem com os registros que fiz no centro da cidade.

Seguro viagem geral

Deixe uma resposta